Dicas e Curiosidades | Erva Mate Taquapy - A erva do índio! Chimarrão de qualidade - Restinga Sêca - Rio Grande do Sul Dicas e Curiosidades
TOMAS UM MATE?

O mate ou chimarrão não é uma bebida.

Bueno, sim, pois é um liquido e entra pela boca, porem não é uma bebida.

No Rio Grande do Sul e nos países cisplatinos, ninguém toma mate porque tem sede. É mais um costume, como coçar-se.

O mate faz exatamente o contrario da televisão: te faz conversar e te faz pensar quando estas solito.

O mate ou chimarrão é feito com erva-mate, a qual é encontrada no sul do Brasil ou norte da Argentina.

É uma bebida genuinamente nativa, sendo o mais antigo e tradicional dos hábitos gauchescos.

É um legado dos índios guaranis e foi fortalecido por espanhóis e jesuítas.

Quando chega alguém na tua casa, a primeira frase é “buena” e a segunda: vamos matear?

Isto se passa em todas as casas. Rico, pobre, entre homens, mulheres, velhos ou jovens, chimangos ou maragatos, gremistas ou colorados cevam sem entreveros. No inverno ou no verão.

Quando tens um filho, começas a dar o mate quando ele te pede. Se dá morno com algum açúcar, se sentem grandes, e tu sentes um orgulho enorme. Depois com os anos eles elegem se o tomam amargo ou doce, muito quente ou terere, com casca de laranja ou limão, ou ainda com alguma planta medicinal.

Nas casas do Rio grande do Sul sempre há erva-mate. A erva é a única qua há sempre, com inflação, com fome, com militares, com democracia, com mensaloes. E se uma não houver, um vizinho tem e te dá, pois erva-mate não se nega a ninguém.

Começamos a ser grandes no dia que temos a necessidade de tomar, pela primeira vez um mate solito.

O simples mate é nada mais que uma demonstração de valores...

É a solidariedade de bancar o mate lavado porque a charla  é boa. A charla, não o mate.

E o respeito pelos tempos para falar e escutar. Tu fala enquanto o outro toma

É o companheirismo

É a sensibilidade da água quase fervendo.

É a modéstia de quem ceva o melhor mate

É a generosidade de servir até o final

É a hospitalidade do convite

É a justiça de um por um

É a obrigação de dizer obrigado ao menos uma vez ao dia

É a atitude ética, franca e leal de encontrar-se sem maiores pretensões, de compartilhar.

Autor desconhecido.?

Cuia Chimarrão Chaleira Erva - Mate Taquapy Rio Grande do SUl
Todos os direitos reservados a Erva Mate Taquapy Ltda. Administração | Webmail | Desenvolvido por: joelvieira.